Conheci o XXXXX na prisão. Éramos companheiros de cela, ás vezes ele fazia favores pra galera, como por exemplo fazer aquele guloso pros caras e tals. Via ele fazendo várias coisas e fico assustado até hoje. Nos intervalos de trabalho voluntário que fizemos para diminuir nossa pena ele me ensinou latim, lógica, história romana e artes. Hoje devo grande parte de minha erudição a este nobre malandro. Meu único arrependimento dos tempos de carceragem é por não tê-lo ajudado nos momentos de coação sexual. Os outros presos se aproveitavam de sua fragilidade e inocência para força-lo a fazer coisas que ele antes fazia apenas por opção mas que tambem gostava. Mas enfim são águas passadas...Fico feliz de ver que você superou toda aquela violência sofrida, espero que tenha acabado com esses vicios de querer fazer aquele completo pro pessoal, mais enfim .... fico feliz de encontrá-lo aqui na steam... Abraço...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima